tendências

Um parque à sua disposição Bairro11 jun 2019

Um parque à sua disposição

Raiz São Paulo traz todos os benefícios de morar em áreas verdes, como a melhora da qualidade de vida e redução da incidência de doenças físicas e mentais

POR RENATA D’ELIA

Imagine a possibilidade de viver em meio à natureza, com muitas árvores, ouvindo o som dos pássaros e com muitas opções de lazer para a sua família sem perder nenhuma das conveniências de estar em São Paulo. Este é um dos principais benefícios apresentados pelo Raiz São Paulo, uma jóia rara dessa cidade tão carente de áreas verdes, de preservação e de respeito à natureza. O terreno contará com mais de 600 árvores de 78 espécies distintas, muitas delas com mais de 70 anos de vida. A melhor notícia é que todas elas serão mantidas e integradas ao projeto paisagístico. São figueiras, jacarandás, árvores floríferas e outras espécies que tornam o caminho de entrada e saída extremamente agradável e inspirador para os sentidos.

“Quem comprar um apartamento aqui, leva de graça uma casa de campo, uma casa de praia – já que teremos quatro piscinas cercadas por palmeiras e ombrelones, uma delas com 60 metros. Vai morar no local onde gostaria de passar as férias, só que sem pegar engarrafamento na estrada ou ter que sair de São Paulo para isso”, afirma o arquiteto paisagista Benedito Abbud, responsável pelo projeto paisagístico do empreendimento. Para os que morarem aqui, é um grande trunfo para a qualidade de vida. Para seus visitantes, é um deleite de passeio. “As crianças que crescerem aqui vão ter o perfume das flores e da madeira, assim como os barulhinhos do bosque, como parte de suas trilhas sonoras e olfativas”, completa Benedito.

Trilha para caminhada, playgrounds, brinquedos, áreas de piquenique, duas quadras recreativas, quatro churrasqueiras e uma área para pets completam as opções de lazer, saúde e qualidade de vida. Tudo isso num ambiente totalmente seguro para toda a família. Dos diferentes pontos de contemplação planejados para aproveitar todas as vistas e panoramas do terreno, será possível meditar, fazer exercícios e aproveitar o frescor da copa das árvores. Há áreas sombreadas e ensolaradas para que as famílias aproveitem seus dias da maneira mais leve e divertida, conforme o dia pedir. Estar dentro do verde também traz muito mais conforto térmico para os apartamentos, uma vez que as árvores “ajustam” a temperatura local. Como resultado, é possível ter aquele refresco em dias de calor com menor de uso do ar-condicionado e os ventiladores.

Muito mais saúde física e mental


Um artigo de um grupo de estudos da Universidade de Exeter Medical School, no Reino Unido, publicado na Environmental Science & Technology comprovam o que já era óbvio: morar perto da natureza melhora a saúde física e mental e reduz os sinais de depressão e ansiedade. A principal novidade é o fato de que mesmo adultos “urbanóides” podem usufruir dos mesmos benefícios que quem nasceu perto do verde quando se mudam para um lugar assim, com efeitos de bem-estar que podem durar por vários anos. Uma das principais indicações da pesquisa é que as metrópoles incluam mais parques e bosques em seu planejamento urbano e que as pessoas procurem mais clubes e áreas verdes para frequentar. No Raiz São Paulo, esse esforço não será necessário: tudo isso já está à disposição!
Um outro estudo de 2018 publicado no Journal of the American Heart Association mostrou que pessoas que vivem em áreas verdes e arborizadas têm menor um risco de desenvolver doenças cardíacas e acidente vascular cerebral (AVC). Afinal, essas áreas têm menores níveis de poluição.

Impactos do verde para crianças e adolescentes


A primeira infância, que vai até o 5º ano de vida das crianças, é extremamente importante para o desenvolvimento de suas funções cognitivas, comportamentais e sociais. Vários estudos apontam que ter um ambiente favorável e equilibrado, com opções de lazer, brincadeiras e muito verde ao redor, beneficiam a saúde física e mental dos pequenos, tornando-os mais felizes.

Para os adolescentes, os benefícios são igualmente impactantes. Um estudo publicado na revista Health & Place revelou que adolescentes que moram próximo a áreas verdes estão 36% menos propensos a apresentar problemas de saúde mental. Com mais possibilidades de praticar exercícios físicos, essas crianças e adolescentes também apresentam menor propensão à obesidade.